Meu Infinito Particular

terça-feira, maio 02, 2006

A Sandra Bullock que o diga!

A vida seria bem mais fácil se fosse como uma comédia romântica.
Um belo dia, você está na livraria ou comprando luvas na loja de departamentos e encontra o amor da sua vida. Claro que você só vai perceber isso, depois de vários desencontros, algumas risadas, muitas lágrimas e, se tiver sorte, um beijo.
Porque pra ser interessante, tem que ter algum drama no meio, tipo um(a) namorado(a), uma viagem marcada ou o medo de compromisso.
Mas todos estes impecilhos não são nada comparados a como você se sente perto daquela pessoa. E você decide jogar tudo pro ar, afinal, você não deve estar errada. Dorme pensando nele, abre um sorriso ao ver seu nome na caixa de mensagens, mal espera pelo próximo encontro.
Aí, é só correr pro aeroporto/rodoviária, pra pista de patinação ou pro estádio de futebol. Porque ele vai estar lá. Secretamente esperando você chegar. E se sua vida for uma comédia romântica das boas mesmo, vocês vão dar um beijão nessa hora. Afinal, esses filmes sempre acabam com um final feliz.

Beija logo, Kate!

sexta-feira, abril 28, 2006

California, here we come

Eu queria morar na Califórnia. Não pra sempre, só neste fim de semana. É que neste sábado (29) e no domingo (30), vai rolar o festival Coachella por lá. E estas são só algumas das atrações: Franz Ferdinand, Cat Power, Clap Your Hands Say Yeah, The Rakes, Madonna, Yeah Yeah Yeahs, Bloc Party, The Magic Numbers, James Blunt, Giant Drag... Sorte dos californianos.
Pra dar uma olhada nas outras bandas que você não vai ver ao vivo: http://www.coachella.com
................................................................................

Falando em Califórnia, gostei do episódio de The O.C. desta semana. Estava achando uma chatice a Marissa junkie ser o único destaque do seriado. Mas agora, com eles indo para a faculdade, Seth e Summer brigados e a volta de Theresa e Anna, acho que as coisas vão esquentar novamente. E Seth não vai para Brown mesmo.


Olha! A Marissa sem nenhuma garrafa na mão!

.................................................................................

Enquanto isso, no Reino Unido...
"Em termos do impacto cultural e do que são capazes de alcançar, eles ficam logo atrás dos Beatles." - Conor McNicholas, editor da NME, sobre a banda-fenômeno da Inglaterra, Arctic Monkeys.